Nacional

Débora do Big Brother trabalhou com Ljubomir e foi para o “olho da rua”

28 Setembro, 2021

Débora, concorrente do "Big Brother", revela aos colegas de jogo que conhece Ljubomir Stanisic e que já trabalhou no restaurante dele. A mulher de 37 anos diz que o chef é "marado".

Débora referiu aos colegas do “Big Brother” que conhece Ljubomir Stanisic. A técnica psicossocial e supervisora revela que trabalhou com o chef no passado, no seu restaurante “100 Maneiras”, em Cascais.

“Eu trabalhei com ele quando ainda tinha o 100 Maneiras em Cascais. Ele é marado, o gajo é marado”, começa por dizer. No entanto, Débora afirma que Ljubomir despediu toda a equipa e fechou as portas do restaurante, uma vez que abriu insolvência.

“Ele fechou o 100 Maneiras em Cascais, deu insolvência técnica e fomos todos para o olho da rua. Depois abriu o 100 Maneiras em menos de seis meses em Lisboa”, diz.

“Ele é marado”, reforça. “Na altura fazia também umas cenas maradas na vida dele, hoje em dia se calhar também faz”. “Mas é grande chef”, remata a concorrente.

Débora esconde marcas de violência, mágoa e traição

Débora Neves, concorrente do “Big Brother”, sempre quis entrar num reality show. Depois de várias tentativas, a jovem finalmente conseguiu concretizar o seu sonho. A participante de Cascais foi nomeada pela segunda vez pelos colegas e, quem a conhece, garante que não está a conseguir mostrar-se na totalidade.

“Tenho visto uma Débora muito calma. Ela ainda está a apalpar terreno, porque é uma pessoa muito extrovertida e só agora é que está a espevitar. Está muito menos ativa do que é cá fora, numa postura até mais defensiva”, assume Águeda, uma das melhores amigas da concorrente do “Big Brother”, à TV 7 Dias.

Solteira, assim que pôs os pés na casa mais vigiada do País, Débora Neves não escondeu o seu agrado com os homens em jogo. Águeda garante que a amiga é “intensa” no que diz respeito ao amor.

“A Débora não é uma pessoa que se apaixona a toda a hora, mas é daquelas pessoas que se apaixona perdidamente. Ela não é uma pessoa de relações passageiras. Ela, quando gosta, gosta a sério e normalmente é duradouro. A não ser que aconteça alguma coisa, como lhe aconteceu”, afirma a amiga da concorrente do “Big Brother”, referindo-se à dolorosa traição que Débora Neves sofreu. Continue a ler aqui.

Texto: Inês Borges e Maria Inês Gomes; Fotos: DR

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top