Nacional

TVI afasta Quintino Aires do Big Brother após ataques a Bruno e à comunidade LGBT

15 Setembro, 2021

A TVI confirma que Quintino Aires foi afastado do “Big Brother”, na sequência das afirmações tecidas no a última emissão do extra.

A TVI emitiu um comunicado no qual se desmarca dos comentários proferidos por Quintino Aires no Extra do Big Brother, emitido na madrugada desta quarta-feira, dia 15 de setembro. O psicólogo foi um dos comentadores presentes mas os seus comentários, principalmente sobre Bruno Almeida e a  comunidade LGBTQIA+, motivaram uma onda de críticas. Nas redes sociais, houve quem pedisse a expulsão do comentador do programa.

Perante o discurso proferido ontem no BB Extra pelo comentador Quintino Aires, a TVI afirma que não se revê neste tipo de comentários. Esta é uma opinião do comentador e a TVI refuta qualquer comportamento ou atitude homofóbica, xenófoba ou sexista”, pode ler-se no comunicado enviado às redações.

O Big Brother é um formato que visa os valores humanos, com impacto significativo na sociedade, tratando de diversos temas, atividades e pessoas com respeito, seriedade e dignidade. O programa defende causas e elimina tabus, apostando na diversidade e multiculturalidade que são plenamente respeitadas e celebradas”, acrescentou ainda.

O psicólogo não estará presente nos próximos diários ou extras do reality show. Quintino Aires foi afastado do “Big Brother”, confirmou a TVI à TV 7 Dias.

Mas, afinal, o que disse Quintino Aires?

Durante o programa, Quintino teceu duras críticas ao concorrente e à sua causa de ter levado a doação de sangue por parte de homossexuais à Assembleia da República.

“Acho que é um ato perigosíssimo o que ele fez e sem lógica nenhuma, como hoje em dia temos muito ativistas que são apenas gente inconsciente que não sabe o que está a fazer… Ainda por cima a maneira como apresenta os assuntos”, começou por referir.

“As medidas da Direção Geral de Saúde são preparadas por especialistas. […] É importante que os ativistas se informem.”, acrescentou, para depois continuar: “Ele disse coisas gravíssimas”.

“De facto os homossexuais eram muito mais promíscuos. Aliás, continuam a querer mostrar a sua promiscuidade quando têm aquela vergonhosa marcha da vergonha”, continuou.

“E repare que quando se faz a marcha, em que maioritariamente vai meio nus lamber-se todos e a seguir aumentam o número de infeções, já toda a gente sabe, e a DGS sabe disso. Portanto quem não quer ser louco, que não lhe vista a pele”, atirou.

Quintino Aires rematou ainda o seu discurso com críticas a Bruno: “Quando aparece um miúdo irresponsável, deixe-me invocar a Constituição Portuguesa para dizer o que vou dizer, uma bicha desocupada, a achar-se o herói da rotunda e que foi acabar com a discriminação contra a homossexualidade, não foi isso que foi fazer”.

Texto: Márcia Alves e Dúlio Silva; Fotos: DR

Leia ainda:

Big Brother: António Bravo tem sequelas da covid-19. Maria Conceição deixa aviso (Vídeo)

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top