Família e Carreira

Regresso às aulas: Dicas para motivar o seu filho na escola

6 Setembro, 2021

regresso às aulas regresso às aulas

Torne este regresso às aulas inesquecível. Algumas estratégias ajudam as crianças a ver a escola de forma positiva e isso irá refletir-se na aprendizagem.

Pais e filhos estão prestes a a arrancar com as aulas do novo ano letivo. Há ainda aqueles que vão começar a viver a experiência pela primeira vez. E a pergunta que qualquer mãe ou pai coloca é: será que ele vai gostar da escola? Vai estar motivado para as aulas? Vai aprender as matérias? A psicóloga Bárbara Ramos Dias dá-lhe algumas estratégias e dicas que podem ajudar.

Assim, para que o seu filho veja a escola de forma positiva tem de lhe mostrar os seus talentos, valorizando as suas capacidades e não criticando aqueles que lhe parecem grandes desafios. Lembre-se que eles são aquilo que nos ouvem a dizer. Se dizemos “és fantástico, sei que vais chegar longe”, ele acredita, mas, se dizemos “nunca vais conseguir ser ninguém… assim não chegas a lado nenhum…”, ele não chega mesmo, simplesmente porque acredita.

Ao compreender a personalidade do seu filho, cria uma empatia diferente e consegue ajudá-lo a obter melhores resultados e estar mais motivado para as aulas do próximo ano letivo.
Perante o tipo de personalidade que a sua criança tem, pode direcioná-la no sentido certo, com as palavras e a motivação corretas.

Prontos para as aulas? Identifique o seu filho

Tipo 1
Perfecionista
Pensa que, se tiveres boas notas, vais conseguir escolher o curso da faculdade que queres. Apenas tens de te soltar mais, ser mais flexível e saber desfrutar do momento presente. Não te autocritiques.
☛ Pais e professores devem dar regras, pois estes não gostam de improviso.

Tipo 2
Prestativo
Pensa que, se tiveres boas notas, vais conseguir ajudar mais os outros também a estudar. Apenas tens de fazer coisas que gostas e que te deem prazer. Lembra-te que não precisas da aprovação dos outros para seres feliz.
☛ Pais e professores podem dizer que gostam dele sem que queira agradar, pois isso vai fazer com que se sinta mais seguro.

Tipo 3
Competitivo
Pensa que, se estudares e tiveres boas notas, todos vão dizer-te isso. Para tal, apenas tens de aprender a relaxar sem querer ser sempre o melhor.
☛ Pais e professores devem ensinar que nem sempre vencem, que o errar faz parte, e quais são os seus valores, não os dos outros.

Tipo 4
Romântico
Pensa que, se estudares mais, vão olhar para ti como especial e único. Aprende a valorizar e acreditar nos teus talentos e capacidades. Aprendem melhor individualmente do que em grupo.
☛ Pais e professores devem dar atenção e ouvir o que têm para dizer.

Tipo 5
Observador

Pensa que quanto mais estudares, mais vais conhecer e por isso sentires-te mais confiante. Pratica exercício físico, vai ajudar-te a memorizar melhor. Deves sair mais do quarto e dares-te mais com os teus amigos.
☛ Pais e professores devem mostrar organização.

Tipo 6
Precavido

Pensa que quanto mais estudares, mais seguro te vais sentir nos testes e menos vais bloquear. Nos intervalos do estudo, procura atividades que te relaxem e façam parar o pensamento.
☛ Pais e professores devem passar segurança e confiança, a sua aprendizagem é melhor quando confiam na figura de autoridade.

Tipo 7
Entusiasta

Pensa que quanto mais estudares, mais prazer vais ter em receber boas notas. Aprende a viver com rotinas, organiza-te e planeia. Aprende a focar-te e não teres sempre a cabeça no ar.
☛ Pais e professores devem ser divertidos, dar estratégias diferentes, interessantes e agradáveis. Devem ajudar a guardar as ideias na gaveta.

Tipo 8
Confrontador

Pensa que quanto mais estudares, mais forte vais ser. Tenta sentir mais e não agires com a raiva. Deves ter rotinas e hábitos de estudo, vai ser mais fácil. Estuda em grupo, para ti é bom.
☛ Pais e professores devem impor limites e regras de forma assertiva, mas sem entrar em grandes discussões de poder.

Tipo 9
Harmonioso

Pensa que quanto mais depressa estudares, mais tempo vais ter para descansar. Mostra as tuas vontades, adquire rotinas, quanto menos opções tiveres, melhor.
☛ Pais e professores devem motivar constantemente, uma vez que estas crianças tendem a ser apáticas, lentas e passivas.

Leia mais
Voltar ao trabalho e à escola depois das férias em família

Siga a Revista Maria no Instagram

partilhar | 0 | 0

 
Top